• institucional

  • graduação

Gestão do Agronegócio

Coordenador: Profa. Me. Adm. Janielen Pissolatto Deliberal

 

O Curso de Tecnologia em Agronegócio da Associação Brasiliense de Educação teve sua autorização de funcionamento do Ministério da Educação, conforme Portaria nº 96/16, publicada no D.O.U. de 01 de abril de 2016.

 

Objetivos

O Curso Superior de Tecnologia em Agronegócio tem por objetivo formar um profissional do agronegócio com senso crítico e ético e com competências que possibilitem o desenvolvimento do setor, com domínio dos processos de gestão e das cadeias produtivas.

 

Objetivos Específicos

a) formar para atuar com princípios éticos, legais, humanistas e de responsabilidade socioambiental;
b) assegurar a formação de profissionais capazes de dominar os processos de gestão de toda a cadeia produtiva do agronegócio desde o beneficiamento, armazenamento, a logística e a comercialização;
c) garantir ao profissional o conhecimento dos órgãos de apoio, de fomento e de assistência técnica do agronegócio;
d) permitir aos egressos condições para atuação junto aos órgãos públicos e instituições de ensino e pesquisa, bem como o prosseguimento dos estudos em nível de pós-graduação.

 

Perfil do egresso

O Tecnólogo em Agronegócio terá uma formação que possibilitará a atuação no mercado de forma dinâmica, ética e consciente das questões econômicas, sociais e ambientais. Também atuar como empreendedor, gestor, consultor ou assessor em organizações rurais, como cooperativas, agroindústrias e unidades de produção do agronegócio. O Tecnólogo em Agronegócio é um profissional capacitado para desenvolver as competências de:
a) gerenciar organizações rurais e prestar assessoria administrativa;
b) elaborar estudos de viabilidade econômica de empreendimentos agroindustriais;
c) viabilizar soluções tecnológicas para auxiliar e desenvolver o agronegócio;
d) liderar equipes e tomar decisões corretas;
e) entender a necessidade de continuidade e aperfeiçoamento profissional.

 

Duração

5 semestres .

 

Avaliação

O sistema de avaliação do processo ensino/aprendizagem se faz através de, no mínimo, três avaliações ao longo do semestre letivo, com base nos conteúdos desenvolvidos no respectivo período para aquelas disciplinas com 4 (quatro créditos) no semestre. Para as disciplinas com menos de 4 (quatro) créditos devem ser aplicados, no mínimo, 2 (dois) instrumentos de avaliação. O acadêmico que obtiver média semestral final igual ou superior a 7,0 (sete) será considerado “aprovado”. Para aquele acadêmico, cuja média semestral final ficar entre 4,0 (seis) e 6,9 (seis ponto nove), será aplicada uma prova final (exame), envolvendo todo o conteúdo semestral, cujo resultado será somado à média do semestre e dividido por 2. O acadêmico que alcançar média igual ou superior a 5,0 estará aprovado.
Além desses critérios avaliativos, a prestação da Prova do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes – ENADE, pelos acadêmicos do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos, também será utilizada como uma forma avaliativa do processo de ensino e aprendizagem.

 

Recursos disponíveis:

A FABE é estruturada por dois prédios (A e B); 26 salas de aula; dois mini auditórios; dois laboratórios de informática; salas de aula equipadas com Datashow fixo; biblioteca com mais de 20.000 exemplares; sala de coordenação com duas ilhas de trabalho, na qual os docentes estão dispostos em formato colaborativo; um espaço moderno para convivência; sistema de arquivamento digital; duas salas de professores; salas de direção e coordenação administrativa.

 

Professores

Corpo Docente - 2017.01

 

Estrutura Curricular

Estrutura Curricular - 2017.02

 

Programação

Programação - 2017.01

 

Estágio

Regulamento de Estágio

Agenda da Fabe

webgiz enade edital2013 webmail img incubadora politica descontos fies prouni